Você está visualizando no momento Como escolher o vibrador ideal.

Como escolher o vibrador ideal.

  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

Escolher um vibrador pode ter a sua dificuldade, principalmente se for a primeira vez que o faz.
Por onde começar e como deveremos escolher os melhores ou mais adequados ao que pretendemos?


Fique a saber como poderá escolher mais facilmente.

Existem em diversos tamanhos e formatos – forma de coelho, com fio, wireless, tradicionais, em formato de bala, com foco no ponto G e existem até controlados à distância – a imaginação e criatividade leva as marcas a desenvolverem cada vez mais variedades, indo também ao encontro das necessidades dos nossos clientes.

Explore os diferentes formatos e tamanhos:

BULLET (bala) – talvez o mais indicado para iniciantes – são pequenos (logo discretos) e poderosos (mas silenciosos), com possibilidade até de configurar o modo de vibração. São utilizados principalmente na estimulação do clitóris e, devido ao seu tamanho, são uma ótima opção para levar numas férias ou até mesmo na bolsa para o trabalho para usufruir de momentos mais “relaxantes”.

RABBIT (coelho) – deve o seu nome ao facto de ter um formato que se assemelha às orelhas de um coelho – também conhecido por “duplo” – que estimula duas zonas erógenas em simultâneo. A sua utilização mais comum é a penetração, estimulando o clitóris também quando se trata de modelos vibratórios. Este formato é responsável por orgasmos mistos, quando duas zonas erógenas são estimuladas simultaneamente.

Exemplo do nosso topo de gama – Mr. Rick à venda na nossa loja por €84,99

CLÁSSICO – o mais semelhante a um pénis humano, com diversas variantes – vibração, curvatura, tamanho da glande, testículos, etc.

PONTO G – tal como o nome indica, são vibradores especialmente concebidos para estimular o ponto G e atingir orgasmos intensos.
São bastante famosos e contam com muitos modelos diferentes.


De uma forma geral devemos escolher o vibrador de acordo com o tipo de ponto que pretendemos estimular e a forma mais rápida ou mais intensa de o fazer. Alguns deverão ainda ser mais aconselhados para iniciantes – os formatos mais clássicos – com uma utilização simples e depois então evoluir para modelos mais elaborados.
O segredo é explorar. Divirta-se e conte-nos a sua experiência.